Porto Alegre, domingo, 15 de março de 2020.
Dia Mundial do Consumidor. Dia da Escola.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

trabalho

29/03/2018 - 09h37min. Alterada em 29/03 às 14h10min

Taxa de desemprego cresce para 12,6% e Brasil tem 13,1 milhões de desocupados

População ocupada recuou 0,9% em relação ao trimestre anterior

População ocupada recuou 0,9% em relação ao trimestre anterior


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Folhapress
A taxa de desemprego no trimestre entre dezembro e fevereiro ficou em 12,6%, um aumento de 0,6 ponto percentual em relação ao trimestre de setembro a novembro de 2017, quando era de 12,0%, de acordo com a PNAD Contínua, divulgada nesta quinta-feira (29) pelo IBGE.
A taxa de desemprego no trimestre entre dezembro e fevereiro ficou em 12,6%, um aumento de 0,6 ponto percentual em relação ao trimestre de setembro a novembro de 2017, quando era de 12,0%, de acordo com a PNAD Contínua, divulgada nesta quinta-feira (29) pelo IBGE.
Na comparação com o mesmo período (dezembro de 2016 e fevereiro de 2017) houve queda de 0,6 ponto percentual.
A população desocupada no período foi de 13,1 milhões, 4,4% a mais do que no trimestre anterior. O acréscimo foi de 550 mil pessoas.
A população ocupada (91,1 milhões) recuou (-0,9% ou menos 858 mil pessoas) em relação ao trimestre anterior. Em relação ao mesmo trimestre de 2017, também houve redução (-2,0% ou menos 1,7 milhão de pessoas ocupadas).