Porto Alegre, domingo, 15 de março de 2020.
Dia Mundial do Consumidor. Dia da Escola.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

aviação

26/03/2018 - 20h23min. Alterada em 26/03 às 20h23min

Chegada de voos internacionais no Brasil cresce 15% no 1º trimestre, aponta Embratur

Entre janeiro e março deste ano, 16.486 voos internacionais chegaram ao Brasil, número que corresponde um aumento de 15% em relação ao observado no primeiro trimestre de 2017. Os dados são da Análise da Malha Aérea Internacional da Diretoria de Inteligência Competitiva e Promoção Turística da Embratur, preparada mensalmente a partir de informações fornecidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e companhias aéreas.
Entre janeiro e março deste ano, 16.486 voos internacionais chegaram ao Brasil, número que corresponde um aumento de 15% em relação ao observado no primeiro trimestre de 2017. Os dados são da Análise da Malha Aérea Internacional da Diretoria de Inteligência Competitiva e Promoção Turística da Embratur, preparada mensalmente a partir de informações fornecidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e companhias aéreas.
Na abertura regional, o Nordeste registrou o maior crescimento no trimestre. Nessa região, foram registrados 225 voos internacionais a mais do que o reportado entre janeiro e março de 2017, uma alta de 33%. A segunda maior variação positiva foi observada no Sul, que recebeu 1.205 voos internacionais durante o primeiro trimestre deste ano, 30% acima do anotado em igual período de 2017.
Já no Sudeste, que concentra mais de 80% dos desembarques internacionais no País, as chegadas aumentaram 12% frente ao observado um ano antes, totalizando 13.575.
Na análise mensal, janeiro mostrou a maior alta: foram 873 voos internacionais a mais que o registrado nos primeiros três meses do ano passado, um crescimento de 18%. Também houve variação positiva de dois dígitos do indicador em fevereiro (+13%) e em março (+12%).
Ainda de acordo com o levantamento, o número de assentos aumentou entre os períodos, para 3.721.438, um incremento de 17% no comparativo anual.