Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 09 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Indústria automotiva

Alterada em 09/03 às 16h31min

Dana compra operação de driveline da GKN por quase R$ 20 bilhões

Dana e GKN Driveline (foto) tem unidade em Porto Alegre na área automotiva

Dana e GKN Driveline (foto) tem unidade em Porto Alegre na área automotiva


MAURO SCHAEFER/ARQUIVO/JC
Uma operação anunciada nesta sexta-feira (9) atinge unidades de companhias da indústria automotiva com operações no Rio Grande do Sul. A Dana comprou a divisão de driveline da GKN plc para criar a Dana Plc, líder global em sistemas de transmissão. A GKN tem unidades em Porto Alegre e Charqueadas, e a Dana em Porto Alegre.
O negócio envolve cifra de US$ 1,6 bilhão em receitas do caixa para a GKN plc e cerca de US$ 1 bilhão de passivos líquidos de pensão e 133 milhões de novas ações da Dana Plc emitidas para os acionistas da GKN. O capital acionário é avaliado em US$ 3,5 bilhões. Com isso, trata-se de US$ 6,1 bilhões ou cerca de R$ 20 bilhões. Com o negócio, a operação passa a liderar o segmento de sistemas de acionamento de veículos e propulsão elétrica no mundo. As vendas somam US$ 13,4 bilhões. 
Nota no site das empresas informa que os acionistas da Dana serão proprietários de aproximadamente 52,75% das ações da empresa, e os acionistas da GKN, 47,25%. “Esta transação transformadora e estratégica solidifica a Dana como líder mundial em sistemas de transmissão de veículos e estabelece uma posição de liderança na propulsão elétrica, que vemos como o futuro dos drivetrains de veículos”, disse James Kamsickas, presidente e CEO da Dana.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia