Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 30 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Acontece

Notícia da edição impressa de 29/03/2018. Alterada em 30/03 às 16h59min

Duca Leindecker lança novo álbum em plataformas digitais neste sábado

As 13 canções misturam elementos do rock'n'roll com influências da MPB e do regionalismo

As 13 canções misturam elementos do rock'n'roll com influências da MPB e do regionalismo


REPRODUÇÃO/JC
Duca Leindecker lança, neste sábado, nas plataformas digitais, o disco Baixar armas, com 13 faixas inéditas. O registro tem participações de nomes como Humberto Gessinger, seu ex-parceiro de Pouca Vocal; Shana Müller e Luciano Albo, entre outros.
As canções misturam elementos do rock'n'roll com influências da MPB e do regionalismo. Há, ainda, contribuições de Claudio Mattos (baterias), Maurício Chaise (baixo, guitarras e vocais), Mumu (baixo - Vera Loca), Edu Bisogno (teclados - The Hard Working Band), Marcelo Truda (guitarra e coautoria em Zumbis e Fadas - Taranatiriça), Meco Dutra (baixo) e o produtor executivo Fabio Bolico, que assume as baquetas em Toda Verdade.
Ao longo de sua trajetória, que inclui a banda Cidadão Quem, Duca Leindecker ganhou sete troféus Açorianos de música e teve trabalhos interpretados por artistas como Milton Nascimento, Chimarruts e Tiago Iorc. Do trabalho novo, ele começa a turnê por Santa Catarina, em abril, e, em maio, leva o disco ao interior gaúcho. A Capital deve receber show do CD no mês de julho.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia