Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

eleições 2018

Notícia da edição impressa de 27/02/2018. Alterada em 27/02 às 11h42min

Van Hattem troca PP pelo Novo para concorrer a deputado federal

Marcel van Hattem justificou mudança por afinidade ideológica

Marcel van Hattem justificou mudança por afinidade ideológica


MARCELO BERTANI/MARCELO BERTANI/DIVULGAÇÃO/JC
O deputado estadual Marcel van Hattem anunciou que trocará o PP pelo Partido Novo para concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados nas eleições de outubro. Van Hattem foi eleito primeiro suplente pelo PP e ocupou a cadeira de Pedro Westphalen (PP), que foi designado pelo governador José Ivo Sartori (PMDB) para chefiar a Secretaria Estadual dos Transportes.
Ao explicar sua decisão em um vídeo divulgado nas suas redes sociais, Van Hattem disse que optou pelo Novo devido a afinidade ideológica - tanto Van Hattem quanto a sigla defendem um ideário liberal, focado no indivíduo como o único produtor de riqueza e a diminuição da intervenção estatal na economia.
Também relatou que se filiou ao PP, pois, na sua cidade, Dois Irmãos, é o partido que congrega pessoas alinhadas com os ideais liberais. Diante da eleição a deputado federal, o parlamentar justificou a troca de partido, alegando que "o PP em Brasília é extremamente corrupto e as pessoas com ideais avançados, de um Estado realmente mais enxuto, são alijadas do debate partidário". "Não posso achar que posso defender os ideais liberais em Brasília no PP. Aqui no Rio Grande do Sul, é um partido muito mais organizado e que está se renovando", resumiu.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia