Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa do Brasil

Alterada em 28/02 às 22h27min

Goiás e Náutico abrem vantagem e Ponte Preta tropeça na Copa do Brasil

Goiás, Náutico e Bragantino saíram na frente, nesta quarta-feira à noite, na abertura da terceira fase da Copa do Brasil. Eles aproveitaram bem a condição de mandantes para ganhar e levar vantagem nos jogos de volta, marcados para o dia 14 de março. Já a Ponte Preta vacilou ao empatar sem gols com o Sampaio Corrêa, mesmo atuando em Campinas.
No estádio Serra Dourada, como esperado, houve um jogo equilibrado. O Goiás marcou com Jefferson, no começo do segundo tempo e fez 1 a 0 no Coritiba. Agora fica com a vantagem de empatar na volta. Se perder por um gol de diferença, a definição vai para os pênaltis. O time do Paraná precisa vencer por dois gols de diferença.
Na Arena Pernambuco, o Náutico derrotou o Cuiabá por 2 a 1. Depois de um primeiro tempo truncado, os gols saíram na etapa final. O time mandante saiu na frente com Ortigoza, aos 12 minutos, mas a reação mato-grossense foi rápida, com Doda, aos 23 minutos. A vitória saiu com um gol de Tharcysio, aos 32 minutos. O time pernambucano jogará pelo empate na Arena Pantanal, na capital do Mato Grosso. O Cuiabá joga por vitória com dois gols de diferença.
Depois de quebrar um jejum de seis jogos no Campeonato Paulista, com a vitória sobre o Novorizontino, por 2 a 1, o Bragantino passou pelo Vitória, por 1 a 0, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O gol foi marcado pelo atacante Matheus Peixoto, de cabeça, aos 38 minutos. Para garantir sua vaga na quarta fase, o time paulista também vai ter que segurar o empate no Barradão, em Salvador (BA).
A Ponte Preta, por sua vez, foi incapaz de superar o bom esquema defensivo armado pelo Sampaio Corrêa no empate por 1 a 1. Pior pra o time paulista que agora precisa vencer, por qualquer placar, no Estádio Castelão, em São Luis (MA). Se ocorrer um empate, também por qualquer contagem, a definição da vaga vai acontecer nos pênaltis.
A partir de agora a competição passará por algumas alterações. Além de ser decidido em dois jogos, o empate no saldo de gols leva a decisão para as cobranças de pênalti. Diferente das edições passadas, não há mais o gol fora de casa como critério de desempate. Os dez clubes classificados avançam para a quarta fase, mas desta vez os confrontos serão decididos por um novo sorteio na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia