Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

CORRIGIR

grêmio

Notícia da edição impressa de 15/02/2018. Alterada em 15/02 às 01h09min

Barcelona se acerta com Arthur e planeja reunião com a direção Tricolor

O Barcelona avança na negociação por Arthur. O clube já tem acerto salarial com o volante e planeja uma nova reunião com o Grêmio na próxima semana. Há otimismo entre as partes de que o acordo será alcançado. O jogador seguirá no Brasil até dezembro, tal qual havia sido pedido pelo clube gaúcho no último encontro com o time catalão.
O acerto entre Barça e Arthur foi noticiado pelo jornal Mundo Deportivo, da Espanha. Arthur deve assinar um contrato de cinco anos. O acordo, claro, ainda depende de acerto com o Grêmio, que já se reuniu por duas vezes com emissários espanhóis e deve ter um novo encontro antes do fim do mês.
Entretanto, o presidente Romildo Bolzan Júnior negou que o clube tenha chegado a um acordo. O dirigente admitiu que há negociação e que o único acerto definido é que o jogador ficará no time gaúcho até o término da temporada. "Existe negociação. Existe avanço. Uma delas é que o Arthur ficará conosco o ano inteiro, mas o Grêmio não finalizou. Não tem proposta definida, valor definido. O Grêmio tem sua proposta, mas não recebeu retorno. Não tem negócio fechado", comentou.
Uma comitiva do Barça deve chegar a Porto Alegre no início da próxima semana. Ao contrário das duas primeiras vezes, é provável que um dirigente catalão participe para dar mais peso as negociações. Até então, o clube europeu era representado por André Cury, empresário autorizado a negociar pelo volante.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia