Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

tevê

Notícia da edição impressa de 23/02/2018. Alterada em 22/02 às 18h14min

Primeira temporada da série Seven seconds chega ao Netflix

Vencedora do Emmy por American Crime, Regina King atua em nova série da Netflix

Vencedora do Emmy por American Crime, Regina King atua em nova série da Netflix


/NETFLIX/DIVULGAÇÃO/JC
  • A série Seven seconds chega ao catálogo na Netflix neste sábado. Dos mesmos produtores de The killing, a trama discute questões raciais e o sensacionalismo da mídia a partir de um incidente que dura sete segundos, título do programa. Em uma cidade norte-americana, um policial branco atropela um jovem negro. A partir do incidente, de um lado, a promotora KJ Harper tenta trazer justiça para sua comunidade sem deixar que seus problemas pessoais afetem o trabalho. Do outro, o agente responsável pelo crime tenta lidar com a culpa. No meio disso, a mãe do jovem, determinada a descobrir o que realmente aconteceu. Em dez episódios, a série é estralada pela vencedora do Emmy Regina King.
  • Estreia sábado, às 20h, no A&E, o especial O. J. Simpson: Culpado. A produção conta toda a história sobre a segunda prisão que levou à condenação de O. J. Simpson por assalto à mão armada e revela novos detalhes de gravações em áudio, incluindo o interrogatório do caso e mensagens de voz do próprio Simpson, bem como documentos inéditos e entrevistas exclusivas. Em formato de documentário, o programa analisa os acontecimentos que ocorreram em 2007, anos após o famoso julgamento que declarou Simpson inocente do assassinato da esposa Nicole Brown e do amigo dela Ronald Goldman.
  • Na comédia A noite é delas, inseparáveis na juventude, Jess, Alice, Blair e Frankie tomaram rumos totalmente diferentes após a formatura e se reúnem pela primeira vez em anos para a despedida de solteira de Jess. Com uma casa de praia alugada em Miami, elas - mais Pippa, amiga australiana da noiva - planejam bebedeiras, drogas, sexo e baladas, mas acabam na verdade tendo muita dor de cabeça para ocultar o cadáver de um stripper morto acidentalmente. Sábado, às 23h, na HBO.
  • Indicado ao Oscar de melhor animação, A tartaruga vermelha conta a história de um homem que sobrevive a um naufrágio e que se vê em uma ilha completamente deserta. Lá, ele consegue se manter através da pesca e vê fracassar todas suas tentativas de construir uma jangada e abandonar o local. Logo ele descobre que quem sabota sua fuga é uma imensa tartaruga vermelha, com quem ele mantém uma relação inusitada. Domingo, às 22h, no Max.
  • Drew Barrymore protagoniza o romance Amor em jogo. No longa, Ben é um fã obcecado pelo time Boston Red Sox. Quando ele conhece Lindsey, uma bem-sucedida workaholic, os dois se apaixonam. O relacionamento entre eles segue muito bem fora da temporada de jogos, mas quando chega o verão Lindsey percebe que fica em segundo plano em relação ao baseball, e a situação torna as coisas mais difíceis para o casal. Domingo, às 20h05min, no Telecine Touch.
  • Em dois episódios semanais, a produção nacional do History A cara do futuro apresenta a inovação científica brasileira através de iniciativas, projetos e invenções que colocam o Brasil entre os países emergentes em inovação. Na reprise desta sexta-feira, às 18h, a produção discute a evolução dos computadores e como eles mudam nossa forma de nos relacionar; e a indústria dos videogames e o que ela vem preparando para o futuro. Os episódios originais vão ao ar todas as quartas, às 18h.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia