Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 08 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Goiás

Notícia da edição impressa de 09/01/2018. Alterada em 08/01 às 22h47min

Perillo responde as críticas à sua viagem às praias

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), chamou de "muita hipocrisia" o questionamento à sua viagem a uma das praias mais bonitas do País enquanto o sistema prisional no estado de Goiás vivia uma grave crise. O tucano confirmou que esteve com a família na Praia dos Carneiros, em Pernambuco, nos dias que se sucederam à rebelião que terminou com nove mortos, 14 feridos e 200 fugas. Reportagem publicada nesta segunda-feira pelo Globo revelou que Perillo e sua família estiveram num resort na Praia dos Carneiros, equipado com parque aquático, quadra de tênis, heliponto e área para descanso de motoristas.
"Essa é uma questão absolutamente hipócrita. Fiquei três dias apenas, depois de um ano de muito trabalho aqui em Goiás. Tirei três dias de descanso com a minha família, já que não fiz isso no final do ano. Deixei aqui a situação toda sob controle, deixei o vice-governador com a responsabilidade de liderar. Todas as forças de segurança fizeram contato comigo rigorosamente - afirmou o governador.
Segundo Perillo, a situação já estava sob controle: "Eu tirei três dias de descanso. É um direito assegurado a qualquer trabalhador. A situação já estava controlada, hoje essas questões são discutidas pela internet. A gente despacha pela internet, as redes sociais facilitam o trabalho da gente. É muita hipocrisia achar que um governante precisa estar fisicamente presente para poder resolver as coisas. Com tecnologia a gente resolve muito mais de forma digital".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia