Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 14 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

Notícia da edição impressa de 15/01/2018. Alterada em 14/01 às 18h48min

Internacionalização de empresas

Zelmute Marten
Estamos diante de um inexorável e crescente processo de internacionalização de empresas. Em paralelo, o contexto atual é complexo e impõe desafios cotidianos de produção de compliance. O estabelecimento de sólidos laços são componentes estratégicos para consolidação de stakeholders (clientes, investidores e comunidades). No Brasil, especialmente na última década, instituições, empresas, governos e entidades da sociedade civil estão em busca de modelos jurídicos adequados para alavancar contratos estáveis e seguros. O desenho das sociedades de propósitos específicos tem sido aplicado, por exemplo, para estruturação de empreendimentos de geração de energia, como no caso dos parques eólicos.
A integração entre comunicação, relações internacionais, direito tributário e os aspectos ambientais constitui, portanto, uma aliança estratégica neste ambiente. A agenda ambiental recebe relevância estrutural neste momento histórico. As mudanças climáticas, as metas multilaterais visando a diminuição da emissão de dióxido de carbono, substituição de matrizes no campo energético em todo o mundo, apontam para o aperfeiçoamento da gestão e do licenciamento ambiental, sinalizando a premência de projetos viáveis do ponto de vista do equilíbrio entre o ambiente e a produção.
Concluo provocando a reflexão de que estamos atravessando uma fase histórica de fundamental necessidade de formulação de novos paradigmas e, consequentemente, de oportunidades. A estruturação de business partner's é uma imposição de uma economia em transformação, para uma sociedade que precisa produzir resultados, estruturando planos de curto, médio e longo prazo, elaborando planejamento orientado para a eficiente execução, projetando inovação, ciência, tecnologia, criando perspectivas factíveis, viáveis economicamente para os mais jovens e para toda população.
Jornalista
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia