Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 28 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Afeganistão

Notícia da edição impressa de 29/01/2018. Alterada em 28/01 às 23h10min

Número de mortos por atentado em Cabul sobe e chega a 103

O ministro do Interior do Afeganistão afirmou que pelo menos 103 pessoas foram mortas em um atentado suicida perpetrado pelo Talibã em Cabul no sábado, ao atualizar, ontem, as consequências da tragédia. Wais Ahmad Barmak revelou que outras 235 pessoas ficaram feridas, sendo que policiais estão entre as vítimas.
O terrorista dirigia uma ambulância com explosivos e passou por um ponto de controle de segurança dizendo que estava transferindo um paciente para um hospital. A explosão danificou ou destruiu dezenas de lojas e veículos. O chefe da missão da ONU no Afeganistão, Tadamichi Yamamoto, classificou o ataque como uma "atrocidade". 
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia