Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 16 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

CORRIGIR

Reino Unido

Alterada em 16/01 às 14h22min

Chanceler britânico diz que Brexit trará economia maior do que prevista

O ministro das Relações Exteriores, Boris Johnson, rebateu os dados oficiais e afirmou em entrevista publicada pelo jornal The Guardian nesta terça-feira (16) que a economia aos cofres públicos gerada pelo Brexit será de 350 milhões de libras (US$ 481 milhões). O montante corresponderia à quantia enviada semanalmente a Bruxelas para custeio da máquina da União Europeia.
De acordo com a agência britânica de estatísticas, no entanto, o valor líquido enviado semanalmente à União Europeia é de 180 milhões de libras. "Foi subestimada grosseiramente a soma sobre a qual recuperaríamos o controle", afirmou ao jornal.
Durante a campanha pelo Brexit, que foi liderada por Boris Johnson, a afirmação dos apoiadores da saída do país da UE era de que haveria uma economia de até 50 bilhões de euros.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia