Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 07 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

energia

Notícia da edição impressa de 08/01/2018. Alterada em 07/01 às 22h22min

Consumidores da CEEE que recebem boleto em local diferente vão pagar pela entrega

Novos percentuais nos boletos estão valendo desde o último dia 21

Novos percentuais nos boletos estão valendo desde o último dia 21


/MARCO QUINTANA/JC
Começou a valer neste mês uma nova medida da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) que prevê, para clientes que recebem sua conta de luz em um local diferente da unidade consumidora - como quem tem casa na praia, por exemplo, e recebe as contas na sua cidade de origem - o pagamento de uma tarifa de R$ 1,53 pelo envio do doc.
Segundo a CEEE, a medida - que já seria adotada por outras concessionárias - está prevista na legislação do setor elétrico, que prevê que a conta seja entregue gratuitamente apenas no próprio local da leitura. "Para quem solicitou receber em outro endereço, há o ressarcimento dos custos de entrega pelos correios", explica a empresa em nota.
Os clientes que não quiserem pagar a taxa a mais na conta podem optar pelo envio da fatura exclusivamente por e-mail - o que pode ser feito diretamente no site da CEEE ou passar a receber a conta no próprio local da leitura.
A companhia vem adotando, desde o ano passado, a fatura instantânea, que é impressa no momento da leitura, em diversas cidades gaúchas, incluindo Porto Alegre.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia