Porto Alegre, segunda-feira, 16 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Imóveis

04/01/2018 - 11h49min. Alterada em 07/01 às 10h59min

Preços de imóveis residenciais caem 2,78% em 2017 em Porto Alegre

Em Porto Alegre, a média do preço do metro quadrado terminou o ano em R$ 5.666,00

Em Porto Alegre, a média do preço do metro quadrado terminou o ano em R$ 5.666,00


MARCO QUINTANA /JC
Os preços de imóveis residenciais prontos para venda situados em Porto Alegre e anunciados em sites e plataformas na internet tiveram queda real de 2,78% (já descontada a inflação) em 2017, segundo o Índice FipeZap. No dia 2, a Caixa anunciou que voltou a fazer financiamento para compra de imóveis utilizando linhas mais baratas e baseadas no uso do FGTS.
Os preços de imóveis residenciais prontos para venda situados em Porto Alegre e anunciados em sites e plataformas na internet tiveram queda real de 2,78% (já descontada a inflação) em 2017, segundo o Índice FipeZap. No dia 2, a Caixa anunciou que voltou a fazer financiamento para compra de imóveis utilizando linhas mais baratas e baseadas no uso do FGTS.
Já na média das 20 localidades pesquisadas no País a variação negativa ficou em 3,23%. O levantamento considera a inflação de 2,78%, projetada no relatório Focus do Banco Central. O recuo nominal na Capital gaúcha ficou em 0,08%, e em 0,53% para o grupo de cidades monitoradas, entre capitais e localidades de grande e médio porte.
Foi a primeira vez que a pesquisa apontou recuo nos valores anunciados em sites em 10 anos, que compreende todo o histórico do índice. Em Porto Alegre, o setor chegou a ter uma leve elevação nominal nos preços em dezembro, de 0,18%. O preço médio do metro quadrado na Capital gaúcha ficou em R$ 5.666,00.
Os bairros com maior preço do metro quadrado são Três Figueiras (R$ 9.951,00), Bela Vista (R$ 8.297,00), Moinhos de Vento (R$ 8.135,00), Pedra Redonda (R$ 7.950,00) e Mont'Serrat (R$ 7.263,00). Já os mais baixos são Vila Nova (R$ 3.648,00), Navegantes (R$ 3.448,00), Lomba do Pinheiro (R$ 3.282,00), Rubem Berta (R$ 3.250,00) e Restinga (R$ 2.732,00).
Das 20 cidades pesquisadas, 13 tiveram recuo nominal no preço. Rio de Janeiro foi de 4,45%, Niterói de 3,43%, Fortaleza de 3,35% e o Distrito Federal de 2,27%. As maiores variações foram positivas foram Belo Horizonte (+4,77%) e Florianópolis (+4,34%). O valor médio de venda dos imóveis residenciais encerrou o ano em R$ 7.631,00 por metro quadrado.