Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 04 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Tribunal de Justiça

Notícia da edição impressa de 05/12/2017. Alterada em 04/12 às 21h57min

Zietlow Duro presidirá o TJ

EDUARDO NICHELE/TJRS/DIVULGAÇÃO/JC
O desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro (ao centro na foto) foi eleito ontem para presidir o Tribunal de Justiça (TJ) do Rio Grande do Sul de 2018 a 2020. Atual vice-presidente da corte, ele vai suceder o presidente Luiz Felipe Difini a partir de 1 de fevereiro de 2018, data da posse da nova administração. Durante sessão administrativa, Duro recebeu 83 votos, enquanto a desembargadora Liselena Schifino Robles Ribeiro obteve 50 votos. Foram registradas duas abstenções. Na foto, da esquerda para a direita: Túlio Martins, 3º vice-presidente; Maria Isabel de Azevedo Souza, 1ª vice-presidente; Carlos Eduardo Zietlow Duro, presidente; Denise Oliveira Cezar, corregedora-geral da Justiça; e Almir Porto da Rocha Filho, 2º vice-presidente.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia