Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 06 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Segurança pública

06/12/2017 - 13h32min. Alterada em 06/12 às 13h59min

Sartori assina permuta com o Grupo Zaffari para construção de novo presídio

Acordo foi assinado no Salão Alberto Pasqualini, no Palácio Piratini

Acordo foi assinado no Salão Alberto Pasqualini, no Palácio Piratini


LUIZ CHAVES/PALÁCIO PIRATINI/JC
O Governo do Rio Grande do Sul e o Grupo Zaffari assinaram na manhã desta quarta-feira (6) o contrato de permuta da área para a construção da nova penitenciária de Porto Alegre. O local contará com 416 vagas, em área de 5.101,75 metros quadrados. O investimento será de R$ 28 milhões. A previsão é de concluir a obra física em oito meses. Em troca, o Governo do Estado concede à rede de supermercados o terreno em que está o prédio da Fundação para o Desenvolvimento e Recursos Humanos (FDRH), na Avenida Praia de Belas, em Porto Alegre.
“Este é mais um ato na área da Segurança Pública, que representa um novo passo na melhoria do sistema prisional gaúcho. Estamos enfrentando a criminalidade e esta ação precisa de esforço diário, constante e concreto. Nos aproximamos do final deste ano com 4 mil novos profissionais ingressos na área da Segurança Pública do Estado”, afirmou Sartori.
A permuta foi aprovada pela Assembleia Legislativa em setembro de 2016. As diretrizes do novo prédio serão elaboradas pela Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia