Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 28 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Atletismo

Notícia da edição impressa de 29/12/2017. Alterada em 28/12 às 21h29min

São Silvestre chega à 93ª edição com o favoritismo dos etíopes

Giovani dos Santos é o brasileiro com mais chances de vitória na prova

Giovani dos Santos é o brasileiro com mais chances de vitória na prova


/CRISTIANE MATTOS/FOLHAPRESS/JC
Campeão em 2014 e vice no ano passado, o etíope Dawitt Admasu confirmou sua participação na 93ª edição da Corrida de São Silvestre, dia 31 de dezembro, em São Paulo. A largada será na Avenida Paulista e a chegada, 15 quilômetros depois, em frente à Fundação Cásper Líbero. O pelotão de elite feminino partirá às 8h40min. Às 9h, será a vez dos demais atletas.
Apontado como um dos favoritos, Admasu vai liderar o grupo de corredores de seu país, que conta com Demiso Gudeta, vice-campeão da Meia Maratona do Rio de Janeiro, Belay Bezabeh, destaque na San Juan Porto Rico 10K Road Race, e Paul Lonyangata, atual campeão da Maratona de Paris e que fará sua estreia na prova. Entre as mulheres, as atrações do país serão Birhane Dibaba, campeã da Maratona da Tóquio em 2017, Mestawut Truneh, Azmera Hagos, Sintayehu Hailemichael e Esther Kakuri, que venceu a Meia Maratona do Rio e, em 2016, ficou em sexto na São Silvestre.
Principal nome masculino do Brasil na prova, o mineiro Giovani dos Santos aparece mais uma vez como esperança de vitória, o que não acontece desde 2010, quando Marilson dos Santos foi o ganhador. Giovani, que garantiu um lugar no pódio nas últimas seis edições, vem embalado pelo hepta na Volta Internacional da Pampulha. Outros nomes fortes são Franck Caldeira, Wellington Bezerra, Gilberto Lopes, Valério Fabiano e Éderson Pereira.
Entre as brasileiras, as atrações são Tatiele de Carvalho, sétima em 2016; Joziane Cardoso dos Santos, campeã na Pampulha em 2014 e da Eu Atleta 10K Rio de 2017; Andréia Hessel, terceira na Meia Maratona de São Paulo e na Eu Atleta 10K Rio 2017; e Adriana Aparecida Silva, vice-campeã da Meia Maratona de São Paulo 2017.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia