Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 02 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa 2018

01/12/2017 - 14h18min. Alterada em 02/12 às 14h16min

Brasil enfrentará Suíça, Costa Rica e Sérvia na primeira fase da Copa da Rússia

Nikita Simonyan, ex-técnico da URSS, sorteou o nome do Brasil como cabeça de chave do grupo E

Nikita Simonyan, ex-técnico da URSS, sorteou o nome do Brasil como cabeça de chave do grupo E


Mladen ANTONOV/AFP/JC
Em cerimônia realizada nesta sexta-feira (1º), em Moscou, a Federação Internacional de Futebol (Fifa) definiu as chaves para a primeira fase da Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia. O Brasil foi sorteado como cabeça de chave do Grupo E e terá como adversários Suíça, Costa Rica e Sérvia.
A seleção brasileira estreia na Copa diante da Suíça em partida que acontecerá no dia 17 de junho, um domingo, em Rostov. Depois, no dia 22, sexta-feira, os comandados de Tite enfrentam Costa Rica em São Petersburgo. A última partida da primeira fase será no dia 27 de junho, uma quarta-feira, contra a Sérvia acontecerá, em Moscou.
O primeiro colocado do grupo do Brasil enfrentará nas oitavas-de-final o segundo colocado do grupo F, que tem Alemanha, México, Suécia e Coreia do Sul. Se passar na segunda posição, a seleção brasileira enfrentará o primeiro da chave vizinha.
O sorteio da Copa teve a participação de ex-atletas como Cafu (Brasil), Maradona (Argentina), Forlán (Uruguai), Gordon Banks (Inglaterra), Puyol (Espanha), Cannavaro (Itália) e Nikita Simonyan (da antiga URSS, atual Rússia). O presidente da Rússia, Vladimir Putin, também prestigiou a cerimônia. 
Veja abaixo a tabela da primeira fase da competição:
Arte: Thiago Machado/JC

Seleção não jogará em 'casa' e viajará 7.376 quilômetros na 1ª fase

A seleção brasileira não atuará em Sochi durante toda a Copa do Mundo, ainda que avance até a final. A cidade à beira do Mar Negro foi escolhida como base pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A equipe ficará hospedada em um resort cinco estrelas.
Se a CBF mantiver o planejamento de a seleção sempre retornar à sua base entre os jogos, o Brasil viajará aproximadamente 7.376 quilômetros, somando deslocamentos aéreos entre ida e volta.
Caso passe em primeiro de sua chave, o Brasil jogará nas seguintes cidades nas fases eliminatórias até a final: Samara, Kazan, São Petersburgo e Moscou. Se for segundo, o caminho até a decisão passará por São Petersburgo, Samara, Moscou e, novamente, Moscou.
Com informações da Folhapress
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia