Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 16 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Pesquisa

Notícia da edição impressa de 17/11/2017. Alterada em 16/11 às 23h04min

Gordofobia está presente na rotina de 92% dos cidadãos brasileiros, mostra estudo

Uma pesquisa encomendada pela Skol Diálogos e realizada pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope) Inteligência apontou que a gordofobia (preconceito contra pessoas obesas) está presente na rotina de 92% dos brasileiros. Entre os cidadãos que, no estudo, não se reconheceram como preconceituosos, 89% admitem que já falaram ou ouviram alguém dizer a frase "ele (a) é bonito (a), mas é gordinho (a)".
Por outro lado, apenas 10% daqueles que se declaram preconceituosos assumem que são gordofóbicos. Outros 8% também reconhecem que têm preconceito estético com outros aspectos da aparência física das pessoas.
O interesse pelo tema da gordofobia tem aumentado. De acordo com o Google, as buscas pelo termo cresceram 57% entre janeiro e setembro de 2017. A palavra "gordice" também é muito proliferada como algo negativo - 62% dos entrevistados pelo Ibope Inteligência revelam que já ouviram a frase "gordo só faz gordice". A pesquisa foi feita de 21 a 26 de setembro, através de entrevistas pessoais e domiciliares. Foram ouvidas 2.002 pessoas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia