Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 08 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

siderurgia

Alterada em 08/11 às 09h45min

Lucro líquido da Gerdau atinge R$ 145 milhões no trimestre, alta de 52,6%

No acumulado dos nove meses de 2017, o lucro chegou em R$ 1,044 bilhão, expansão de 455,3%

No acumulado dos nove meses de 2017, o lucro chegou em R$ 1,044 bilhão, expansão de 455,3%


MARCELO G. RIBEIRO/JC
A Gerdau reportou um lucro líquido de R$ 145 milhões no terceiro trimestre do ano, aumento de 52,6% em relação ao observado no mesmo período do ano anterior. Ante o segundo trimestre do ano, o crescimento do ganho foi de 93,3%. No acumulado dos nove meses de 2017, o lucro chegou em R$ 1,044 bilhão, expansão de 455,3%.
O forte aumento do lucro na relação trimestral é explicado por eventos extraordinários, que inflaram o resultado do período. Sem esse efeito, o lucro do terceiro trimestre é estável em relação ao segundo trimestre. Já o aumento na relação anual, segundo a companhia, deve-se às menores despesas financeiras no terceiro trimestre, afetando positivamente a última linha do balanço.
"A melhora do cenário econômico em vários países vem se refletindo na recuperação da demanda por aço em alguns segmentos importantes, como o automotivo, que está apresentando crescimento consistente nos mercados de atuação da Gerdau e significativas exportações a partir do Brasil. O País já apresenta sinais de recuperação no consumo de aço, porém, a construção civil segue com baixa demanda e retomada em ritmo lento. Em relação à evolução dos nossos resultados financeiros no terceiro trimestre, destaco a continuidade dos esforços de gestão em todas as operações", afirma, em nota, o presidente da Gerdau, André Gerdau Johannpeter, que deixa o cargo no início de 2018.
O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) chegou em R$ 1,095 bilhão, queda de 5,6% na relação anual e aumento de 8,8% ante o segundo trimestre do ano. Já o Ebitda ajustado somou R$ 1,116 bilhão no terceiro trimestre, queda de 2,8% na relação anual e aumento de 4,4% na base trimestral. A margem Ebitda ajustada foi de 12,3%, ante 13,8% no terceiro trimestre do ano passado e de 12,2% no segundo trimestre deste ano.
A receita líquida da Gerdau no intervalo de julho a setembro chegou em R$ 9,476 bilhões, aumento de 8,9% ante o visto no mesmo período do ano passado e crescimento de 3,4% ante o trimestre imediatamente anterior.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia