Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 08 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Indústria

Notícia da edição impressa de 07/11/2017. Alterada em 07/11 às 09h05min

Stihl concluirá centro de pesquisas em 2018

Guenther anunciou a chegada de novos produtos ao mercado brasileiro

Guenther anunciou a chegada de novos produtos ao mercado brasileiro


/MARCO QUINTANA/JC
Jefferson Klein, de São Leopoldo
Depois de ter sido anunciada em setembro, durante encontro de dirigentes da Stihl com o governador José Ivo Sartori na Alemanha, a construção do novo centro de pesquisa e desenvolvimento da empresa em São Leopoldo deu outro passo para ser materializada. A cerimônia oficial do início das obras ocorreu ontem, e o complexo deverá ser concluído em novembro do próximo ano.
O presidente da Stihl Brasil, Cláudio Guenther, comprovando a origem germânica do grupo, foi ainda mais preciso e cravou a inauguração para as 16 horas de 5 de novembro de 2018. A nova estrutura terá um espaço de 3,2 mil metros quadrados e absorverá um investimento de R$ 38,5 milhões (recursos provenientes da própria empresa). O centro será dedicado a trabalhos com itens como motosserras, motores e cilindros (peças de motores). Com o aprimoramento da unidade, também será elevado de 50 para 60 o número de engenheiros que trabalham na infraestrutura. Guenther adianta que esse pessoal a ser contratado deverá ser oriundo da região.
O executivo destaca que a iniciativa faz parte de uma série de obras que ainda serão concretizadas e que totalizam cerca de R$ 300 milhões, recursos que serão desembolsados nos próximos três anos. Depois do centro de pesquisa e desenvolvimento, será implementado um prédio destinado à produção de motores, assim como serão feitos aportes em máquinas e softwares e em outras ações. Guenther reforça que, se o desejo é crescer, é preciso investir. "A gente acredita que as crises são passageiras e, a partir do momento em que o mercado começar a reagir, estaremos preparados, à frente dos nossos concorrentes, para atender à demanda", frisa.
O presidente da Stihl Brasil justifica a decisão de investir no Estado pelos fatos de a companhia já estar presente na região e de o Rio Grande do Sul contar com uma mão de obra qualificada e ter uma cultura próxima à alemã. A partir de janeiro, Guenther revela que a Stihl trará novos produtos para o mercado brasileiro. Uma inovação será na área de artigos a bateria, e o objetivo da empresa, futuramente, é começar a desenvolver produtos no País. Outra meta é duplicar o faturamento da companhia no Brasil, que hoje é de R$ 1,3 bilhão, no prazo de cinco anos.
Presente ao evento dessa segunda-feira, o governador José Ivo Sartori brincou com o prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi (PT), que, apesar de ambos terem suas origens ligadas à Itália, deviam celebrar a migração alemã no Estado. Sartori acrescentou que, muitas vezes, já se referiu à necessidade de "plantar sementes"; no entanto, no caso do empreendimento da Stihl, agora era "dia de colheita". Para o governador, o investimento da empresa representa um sinal de confiança no Rio Grande do Sul. Sartori lembrou ainda que, nos dias 12 e 14 de novembro, acontecerá o encontro econômico Brasil-Alemanha, na Fiergs. Além dos políticos, dirigentes da Stihl vieram da Alemanha para prestigiar a cerimônia de ontem.
A empresa lidera o mercado brasileiro de ferramentas motorizadas portáteis, com produtos destinados aos segmentos florestal, agropecuário, construção civil, jardinagem profissional, limpeza e conservação, e doméstico. No Brasil, a empresa está localizada em São Leopoldo, onde trabalham cerca de 2,3 mil colaboradores.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Jeferson 08/11/2017 07h38min
É muito bom e gratificante saber que uma empresa do tamanho e grandeza da Sthil investir cada vez mais aqui em nosso estado, sinal que temos capacidade de concorrer de igual para igual com o mercado lá de fora.