Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Consumo

Notícia da edição impressa de 07/11/2017. Alterada em 06/11 às 21h57min

Feirão on-line da Serasa renegocia dívidas

Quem está com dívidas atrasadas pode aproveitar os mutirões de bureaus de crédito para renegociar seus débitos antes do ano chegar ao fim. Ontem, começou o Feirão Limpa Nome da Serasa Experian, que permite a renegociação de pendências pela internet até 30 de novembro, pelo site www.serasaconsumidor.com.br/feirao.  
Para participar, é preciso acessar o site do feirão e se cadastrar. Depois, o consumidor será direcionado para uma página em que estarão listadas as suas dívidas na base de dados da Serasa que podem ser negociadas com as empresas.
Também são informados os canais de atendimento - telefones, e-mail ou chat - disponibilizados por cada credor. Algumas empresas têm ofertas preestabelecidas, com simulações e boleto bancário para quitação da dívida. De acordo com a Serasa, 320 mil consumidores limparam o nome na última edição do feirão.
O número de inadimplentes no País chegou a 60,5 milhões em setembro, segundo a Serasa, alta de 1,5% em relação ao mesmo mês de 2016. Essa dívida somava R$ 267,5 bilhões, com uma média de quatro pendências por CPF, ou seja, cerca de R$ 4.422 por pessoa.
A maioria dos débitos foi contraída junto aos setores bancários e de cartão de crédito (29,6% do total). O segmento de "utilities" (energia elétrica, água e gás) respondeu por 17,8% do total de débitos em atraso. Telefonia alcançou 11,7% do montante, e a inadimplência do varejo foi de 13,8% em setembro.
Antes de negociar uma dívida com o credor, a Serasa recomenda que o consumidor faça um bom planejamento, colocando na ponta do lápis suas despesas fixas e as dívidas já assumidas ou previstas. Assim, é possível estimar quanto deve sobrar para pagar a nova dívida que será negociada, escolhendo condições e formas de pagamento que se encaixam no orçamento. 
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia