Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Conjuntura

Alterada em 06/11 às 08h59min

Inflação em São Paulo sobe 0,32% em outubro, aponta Fipe

O grupo alimentação teve aumento médio de 0,89% ante uma queda de 0,81% em setembro

O grupo alimentação teve aumento médio de 0,89% ante uma queda de 0,81% em setembro


YASUYOSHI CHIBA/AFP/JC
Agência Brasil
O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), na cidade de São Paulo, atingiu alta de 0,32%, no encerramento de outubro, depois de ter desacelerado em setembro (0,02%). No acumulado de janeiro a outubro, houve elevação de 1,42% e, nos últimos 12 meses, 2,30%.
Apesar de ter apresentado variações próximas de zero, a inflação mostra uma mudança na velocidade de reajuste dos preços, principalmente, no grupo alimentação, que teve aumento médio de 0,89% ante uma queda de 0,81% em setembro.
Mais três dos sete grupos pesquisados tiveram correções de preços em índices superiores aos registrados no mês anterior: saúde (de 0,30% para 0,45%); vestuário (de -0,19% para 0,22%) e educação, que havia se mantido estável e apresentou alta de 0,17%.
Já no grupo habitação, houve uma inversão com queda de 0,15% ante uma alta de 0,18%. Nos dois grupos restantes, os índices indicaram desaceleração: transportes (de 0,65% para 0,32%) e despesas pessoais (de 0,45% para 0,41%).
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia