Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 19 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Frases e Personagens

Notícia da edição impressa de 20/11/2017. Alterada em 19/11 às 22h58min

Frases e personagens

Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso

Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso


/XP Investimentos/Divulgação/JC
"Não posso descartar a possibilidade de o Brasil repetir a experiência italiana depois da Operação Mãos Limpas e eleger um presidente de direita similar a Silvio Berlusconi, na esteira da Lava Jato." Fernando Henrique Cardoso (PSDB), ex-presidente da República.
"Há pessoas da direita que são perigosas. Um dos candidatos propôs me matar quando eu estava na presidência (Jair Bolsonaro). Na época, não prestei atenção. Mas, hoje, tenho medo, porque agora ele tem possibilidade de poder." Também FHC.
"A corrupção no Rio de Janeiro se assemelha a uma metástase. E, um ano depois da prisão do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), a Justiça se modernizou para impedir o triunfo das nulidades." Marcelo Bretas, juiz à frente da Lava Jato no Rio.
"Estamos aprendendo a fazer uma nova Justiça, que é rápida, dedica-se e vai a fundo na investigação, doa a quem doer. Sobre a Operação Calicute, que já foi julgada, o que me assustou, naquele caso, foi a extensão e a capilaridade. Parece que tem mais gente envolvida do que não envolvida. É uma metástase." Também Marcelo Bretas.
"A economia brasileira vive um período de desinflação e recuperação, fruto da reorientação da política econômica ocorrida em 2016 e da determinação da política monetária. Esse cenário de recuperação se dá em um ambiente de flexibilização monetária que tem levado à queda das taxas de juros reais, atualmente em valores próximos aos mínimos históricos. As taxas reais, descontada a inflação, se encontram hoje entre 2,5% e 3,0%." Ilan Goldfajn, presidente do Banco Central.
"Iniciamos as tratativas junto ao Banco Mundial na busca de investimentos para melhorias na Capital, durante a Conferência do Programa de Cidades Resilientes, em Bangkok, Tailândia, que reuniu 26 cidades no mundo, incluindo Porto Alegre e Manaus. O governo municipal busca financiamentos de US$ 100 milhões a US$ 160 milhões." Gustavo Paim (PP), vice-prefeito de Porto Alegre e secretário de Relações Institucionais.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia