Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 17 de outubro de 2017. Atualizado às 18h51.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

eleições 2018

Alterada em 17/10 às 19h55min

Chico Alencar desiste de disputar Presidência e vai se lançar ao Senado

Chico era um dos nomes cotados pelo PSOL para presidência

Chico era um dos nomes cotados pelo PSOL para presidência


FREDY VIEIRA/JC
O deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) afirmou nesta terça-feira (17), que desistiu de disputar a Presidência da República e que vai tentar uma vaga ao Senado em 2018.
Chico era um dos nomes cotados pelo PSOL. O partido costuma lançar candidatos ao Palácio do Planalto que têm pouca chance de vitória, mas marcam posição no campo da esquerda.
Na avaliação do deputado, na candidatura ao Senado, ele também corre risco de não ser eleito, mas não tão grande quanto se disputasse a Presidência.
Segundo o parlamentar, ele tomou a decisão depois de consultar o seu círculo mais próximo de convivência e de outros integrantes do partido.
O PSOL quer definir ainda este ano quem será o candidato a presidente da sigla em 2018. Um dos cotados é Guilherme Boulos, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, que ainda não se filiou à legenda. Segundo nomes do partido, Boulos resiste à ideia por não querer enfrentar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia