Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de outubro de 2017. Atualizado às 00h01.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Câmara de Porto Alegre

Notícia da edição impressa de 05/10/2017. Alterada em 04/10 às 21h37min

Legislativo cobra prefeitura por falta de repasses a Cootravipa

Uma reunião de vereadores com a Cooperativa de Trabalhadores Autônomos das Vilas de Porto Alegre (Cootravipa), na tarde desta quarta-feira, começou na Câmara de Poto Alegre e terminou na prefeitura. Parlamentares receberam funcionários da cooperativa de coleta seletiva no salão ao lado do Plenário Otávio Rocha para debater sobre o atraso nos repasses financeiros do Executivo, impedindo o pagamento salarial dos funcionários. O vice-prefeito, Gustavo Paim (PP), aceitou uma reunião no fim da tarde sobre o tema, e um grupo de vereadores seguiu até o local junto com representantes da cooperativa.
Sofia Cavedon (PT) questionou o não pagamento afirmando que o Portal da Transparência municipal mostra que, nesta quarta-feira, a prefeitura realizou "vários pagamentos para empreiteiras, clínicas e laboratórios". De acordo com Sofia, com a paralisação da Cootravipa, um total de 21 galpões de reciclagem não estão recebendo material, impedindo que 600 famílias que trabalham na área recebam pagamento também.
Valter Nagelstein (PMDB) demonstrou a mesma preocupação, afirmando que a Cootravipa não tem como aguentar atrasos em pagamentos visto que o único cliente da companhia é a prefeitura.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia