Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 25 de outubro de 2017.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Bolívia

Notícia da edição impressa de 26/10/2017. Alterada em 25/10 às 20h34min

Novo mandato de Morales é reprovado por 68%

A pretensão do presidente da Bolívia, Evo Morales, de se candidatar a um quarto mandato consecutivo tem 68% de reprovação, conforme pesquisa divulgada ontem pelo instituto Ipsos. Entre os entrevistados, 30% se mostraram a favor de uma nova reeleição, enquanto 2% preferiram não opinar.
Segundo o Ipsos, Morales só conseguiria 52% de apoio em El Alto, enquanto em outros nove municípios, incluindo a capital La Paz, a reprovação foi majoritária. Potosí foi a que apresentou o maior nível de oposição, com 84% dos entrevistados afirmando serem contra uma outra reeleição.
Em uma manobra para tentar um quarto mandato de Morales, em setembro, um grupo de parlamentares pertencente ao Movimento ao Socialismo (MAS), partido governista, apresentou um pedido para que o Tribunal Constitucional declare ilegais os artigos da Constituição que limitam a eleição de vereadores, prefeitos, governadores e do presidente da República.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia