Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 25 de outubro de 2017.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Infraestrutura

Notícia da edição impressa de 26/10/2017. Alterada em 25/10 às 22h08min

Corsan prorroga prazo de consulta pública da PPP

A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) publicou ontem um aviso de prorrogação do prazo da consulta pública sobre o edital da Parceria Público-Privada (PPP) para o dia 31 de outubro. Considerando a complexidade e a extensão da documentação a ser analisada e o interesse da Corsan no recebimento de propostas por parte da população, sem prejuízo ao cronograma do projeto, a sugestão de prorrogação de prazo foi acolhida pela empresa.
A consulta pública, prevista em lei, tem como objetivo recolher subsídios e informações para aprimorar o edital e seus anexos. Para tanto, as minutas de edital e de contrato, assim como os demais cadernos técnicos, estão disponíveis para consulta.
Os interessados podem obter cópia dos documentos junto à Corsan, na Superintendência de Licitações, na rua Caldas Júnior, 120, no 18º andar, na Capital, ou pelo link www.parceriaCorsan.com.br.
A PPP prevê obras e operação do esgoto pelo parceiro com recursos privados com um contrato de 35 anos, no valor de R$ 9,4 bilhões. Em 11 anos, a empresa contratada deve investir R$ 1,8 bilhão. A meta é universalizar 87,3% do tratamento de esgoto das cidades de Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Eldorado do Sul, Esteio, Gravataí, Guaíba, Sapucaia do Sul e Viamão.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia