Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 15 de outubro de 2017. Atualizado às 21h26.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Clima

Notícia da edição impressa de 16/10/2017. Alterada em 15/10 às 20h34min

Chuva volta a Porto Alegre na quarta-feira

Pedalinhos lotados carregavam famílias no Parque da Redenção neste domingo

Pedalinhos lotados carregavam famílias no Parque da Redenção neste domingo


/CLAITON DORNELLES /JC
A chuva não tem dado mesmo trégua no Estado. Depois de uma semana carregada de vento e instabilidade, ultrapassando a média histórica de precipitação para o mês de outubro, o aguaceiro parou no sábado, mas já voltará na terça-feira nas regiões da Campanha, Serra do Sudeste, Encosta do Sudeste e Litoral Sul e, na quarta-feira, em Porto Alegre, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).
O sábado foi de chuva pela manhã e sol à tarde, acompanhado de tempo ameno na Capital, com marcas entre 15,9 e 21 graus. No domingo, o céu se manteve sem nuvens por todo o dia e as temperaturas foram mais altas, chegando a 24,5 graus em Porto Alegre e a 26,8 graus em Santa Rosa. O clima seco fez com que muitos porto-alegrenses aproveitassem os espaços abertos. Na Redenção, o destaque foi para os pedalinhos lotados, que carregavam famílias que desejavam curtir a paisagem.
Hoje, o tempo seguirá ensolarado, com eventuais nuvens, mas com temperatura em elevação, de 5 a 32 graus no Rio Grande do Sul e de 12 a 26 graus na Capital. Na terça-feira, ficará parcialmente nublado a nublado, com pancadas de chuva na Campanha, na Serra do Sudeste, na Encosta do Sudeste e no Litoral Sul gaúchos. Nas demais regiões, o sol aparecerá entre nuvens. As marcas ficarão entre 8 e 36 graus no Estado e entre 15 e 29 graus em Porto Alegre.
Na quarta-feira, as pancadas de chuva envolverão todo o Rio Grande do Sul, inclusive a Capital. Os termômetros não sofrerão alterações imediatas, registrando de 13 a 36 graus no Estado e de 20 a 30 graus em Porto Alegre. Na quinta-feira, contudo, com a permanência da instabilidade, haverá arrefecimento no clima, ficando entre 16 e 26 graus no Rio Grande do Sul e entre 19 e 24 graus na Capital.

Prefeitura alerta para risco de leptospirose após acúmulo de chuva na Capital

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Porto Alegre emitiu alerta epidemiológico na sexta-feira para que os profissionais de saúde fiquem atentos aos sinais de leptospirose em todos os atendimentos. Com a alta incidência de chuva nos últimos dias, o risco de contaminação pela doença aumenta, devido ao acúmulo de água.
Porto Alegre monitora e identifica os locais prováveis de contaminação desde 1995 e, além das áreas já identificadas de risco, como a região do Partenon, a região do Arquipélago também merece cuidado, uma vez que os alagamentos são frequentes, com locais que permanecem inundados por vários dias após as chuvas intensas. Entre 2012 e 2017, houve 207 casos da doença na Capital.
A leptospirose é doença infecciosa causada por uma bactéria chamada leptospira, presente na urina de ratos e outros animais, e que é transmitida ao homem através de água contaminada. Em situações de enchentes e inundações, a urina dos ratos, presente em esgotos e bueiros, mistura-se à enxurrada e à lama. Qualquer pessoa que tenha contato com a água das chuvas ou lama contaminadas poderá se infectar.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia