Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 22 de outubro de 2017.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato brasileiro

Alterada em 22/10 às 21h12min

Atlético-PR derrota Sport em casa e volta a sonhar com vaga na Libertadores

O Atlético Paranaense entrou na briga por uma vaga na Copa Libertadores de 2018 ao derrotar o Sport pelo placar de 2 a 1, em partida realizada neste domingo (22), na Arena da Baixada, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado deixou o Atlético-PR com 41 pontos, a três do Botafogo, sétimo colocado, que entra em campo nesta segunda-feira diante do Corinthians e está ficando com a última vaga no torneio continental. Já o Sport ficou com 35, correndo riscos de rebaixamento.
Ameaçado no Brasileirão, o Sport não teve outra alternativa senão partir para cima do Atlético-PR em plena Arena da Baixada. Logo aos três minutos, Mena avançou e cruzou na medida para Diego Souza, que pegou de primeira e mandou rente à trave de Weverton.
A resposta veio logo na sequência. Ribamar lançou Douglas Coutinho. O atacante testou firme para grande defesa de Magrão. O Atlético-PR foi controlando o jogo com o tempo e via em Guilherme e Ribamar suas melhores opções de frente. Em uma delas, o atacante jogou por cima do goleiro do Sport, levantando a torcida em Curitiba.
O time paranaense voltou melhor para o segundo tempo e acabou abrindo o marcador aos 15 minutos. Ribamar tocou para Lucho González, que pegou de primeira para colocar a bola no fundo das redes. O Sport, no entanto, não sentiu o baque e saiu em busca do empate.
Aos 24 minutos, Rogério partiu para cima da defesa rival e acabou sendo derrubado dentro da área por Zé Ivaldo: pênalti. Na cobrança, Diego Souza, com categoria, deixou tudo igual. O meia ainda teve a chance de fazer o segundo, em um chute cruzado, mas mandou muito perto do gol de Weverton.
O Sport recuou nos minutos finais e deu campo ao Atlético-PR, que foi com tudo em busca da vitória. Aos 42 minutos, Felipe Gedoz recebeu na área e foi derrubado por Rithely. O próprio meia foi para a cobrança do pênalti e fez 2 a 1, dando números finais ao confronto.
Na próxima rodada, o Atlético Paranaense enfrenta a Chapecoense no sábado, às 21 horas, na Arena da Baixada. No domingo, o Sport recebe o Coritiba, às 18 horas, na Ilha do Retiro, no Recife.
Atlético-PR 2 x 1 Sport
Weverton; Zé Ivaldo, Wanderson, Thiago Heleno e Fabrício; Pavez, Lucho González (Matheus Rossetto), Guilherme e Nikão (Sidcley); Douglas Coutinho (Felipe Gedoz) e Ribamar. Técnico: Fabiano Soares.
Magrão; Samuel Xavier, Oswaldo Henríquez, Durval e Mena; Anselmo (Rogério), Rithely, Patrick, Diego Souza e Osvaldo (Juninho); André (Rodrigo). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia