Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 08 de outubro de 2017. Atualizado às 22h30.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Grêmio

Notícia da edição impressa de 09/10/2017. Alterada em 08/10 às 22h30min

Kannemann treina, e Ramiro apenas corre ao redor do campo

Um treino do Grêmio sem nenhum machucado é para ser comemorado. O trabalho realizado ontem no CT Luiz Carvalho foi um desses, sem nenhum jogador contundido a com alguns demonstrando evolução. O zagueiro Kannemann trabalhou normalmente e deve voltar diante do Cruzeiro, quarta-feira, na Arena, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Por outro lado, Ramiro, que teve um edema muscular na coxa diagnosticado, apenas correu ao redor do gramado, ficando de fora diante dos mineiros. A previsão é de que Ramiro retorne em 10 dias.
Outras novidades no treinamento foram o meia Cícero e os atacantes Jael e Beto da Silva na movimentação. O equatoriano Arroyo, expulso na partida pelas Eliminatórias Sul-Americanas, não jogou o último jogo e volta ao Tricolor, podendo ficar à disposição para a partida. Seguindo o boletim médico gremista, hoje, o meia Douglas passará por uma nova cirurgia no joelho, já anunciada no final da semana passada. Com isso, o camisa 10 fica por mais seis meses afastado dos gramados.
Com poucas opções para escalar o time do meio para frente, o técnico Renato Portaluppi não deve fugir muito de uma formação com Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Cortez; Jailson, Arthur (Kaio), Fernandinho, Patrick e Everton (Léo Moura); Lucas Barrios. O Tricolor treina novamente hoje à tarde.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia