Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 24 de outubro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

VAREJO

Alterada em 24/10 às 18h56min

Lojas Renner tem lucro de R$ 140,3 milhões no 3º trimestre, alta de 65,3%

Em nove meses, receita acumulada da Renner é de R$ 4,992 bilhões

Em nove meses, receita acumulada da Renner é de R$ 4,992 bilhões


MARCELO G. RIBEIRO/JC
A varejista de moda Lojas Renner reportou lucro líquido de R$ 140,3 milhões no terceiro trimestre de 2017, crescimento de 65,3% na comparação com o mesmo período do ano anterior. No acumulado do ano até setembro, o lucro da varejista chegou a R$ 400,9 milhões, expansão de 23,3%.
O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado chegou a R$ 299,2 milhões entre julho e setembro, um aumento de 30,4% ante os mesmos meses de 2016. No acumulado do ano até setembro, o resultado foi de R$ 872,4 milhões, crescimento de 13,1% na comparação anual.
O ajuste no Ebitda é feito considerando o plano de opções de compra de ações, participações estatutárias e o resultado da baixa de ativos fixos. Sem esses ajustes, o Ebitda do trimestre foi de R$ 288,7 milhões, aumento de 36,5% na comparação com o mesmo período de 2016.
A Renner reportou ainda receita líquida de R$ 1,746 bilhão entre julho e setembro, crescimento de 20,8% na comparação com o mesmo período do ano anterior. Em nove meses, a receita acumulada é R$ 4,992 bilhões, aumento de 15% na mesma comparação.
Considerando apenas a venda de mercadorias no varejo e excluindo os produtos financeiros, a receita foi de R$ 1,512 bilhão no terceiro trimestre, crescimento de 20% ante igual período do ano passado. Em nove meses, essa receita alcançou R$ 4,377 bilhões, elevação de 15,2%.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia