Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de outubro de 2017. Atualizado às 08h35.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 05/10 às 08h38min

Cobre opera em alta, mas feriado na China reduz volumes em negociação

O cobre opera em alta nesta quinta-feira (5), em uma semana marcada pelos baixos volumes nesse mercado por causa do feriado na China, maior consumidor global do metal. Ontem, o cobre fechou praticamente estável, próximo dos ajustes do dia anterior.
Às 7h55min (de Brasília), o cobre para três meses subia 0,65%, a US$ 6.553 a tonelada, na London Metal Exchange (LME). Às 8h12min, o cobre para dezembro tinha avanço de 0,73%, a US$ 2,9805 a libra-peso, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).
Com os volumes menores, o metal básico tem oscilado dentro de sua faixa recente. Nesta sexta-feira, será divulgado o relatório mensal de empregos (payroll) dos Estados Unidos, que pode dar um sinal sobre a economia americana e influir no mercado. Analistas preveem um número bem mais fraco que em meses recentes, por causa dos problemas causados pelos furacões Harvey e Irma em partes do país.
Entre outros metais básicos negociados na LME, o zinco subia 0,26%, a US$ 3.287,50 a tonelada, o alumínio recuava 0,28%, a US$ 2.157 a tonelada, o estanho tinha ganho de 0,24%, a US$ 20.850 a tonelada, o níquel caía 0,28%, a US$ 10.605 a tonelada, e o chumbo tinha baixa de 0,37%, a US$ 2.558 a tonelada. 
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia