Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 04 de outubro de 2017. Atualizado às 14h20.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

petróleo

Alterada em 04/10 às 14h23min

ANP indefere pedido do consórcio Libra de isenção de cumprimento de conteúdo

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) negou o pedido de isenção de cumprimento de Conteúdo Local para o subsistema que será instalado no projeto piloto do campo de Libra, no pré-sal da bacia de Santos
A ANP manteve a exigência de conteúdo mínimo para o consórcio formado liderado pela Petrobras, com 40%, e que tem como sócios a Shell, Total, e as chinesas CNOOC e CNPC.
A agência informou que a decisão já foi comunicada ao operador do Consórcio Libra (Petrobras) e deve ser submetida à apreciação judicial, conforme determinação do Tribunal Regional Federal da Primeira Região na Ação Declaratória de Nulidade proposta pelo Sindicato da Indústria Naval (Sinaval).
O pedido foi submetido à consulta pública aberta em 9 de fevereiro de 2017 com o objetivo de recolher comentários e a audiência pública ocorreu em 18 de abril de 2017.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia