Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 02 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR
Notícia da edição impressa de 03/11/2017. Alterada em 02/11 às 21h58min

Um massacre real

Vencedor do prêmio de melhor filme na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo do ano passado, El amparo é inspirado em um massacre policial ocorrido na Venezuela, em 1988. O longa-metragem destaca a vulnerabilidade do homem contra o poder - através do testemunho de sobreviventes da ocasião.
Dois pescadores saem vivos de um ataque armado nos canais do rio Arauca, região fronteiriça com a Colômbia, mas 14 de seus companheiros morreram. O exército venezuelano os acusa de serem guerrilheiros e tenta tirá-los da prisão onde estão, mas um grupo de moradores impede que os levem dali. Os dois afirmam que são simples pescadores, mas há uma pressão para que reproduzam a versão oficial.
Dirigido por Rober Calzadilla, o filme recebeu prêmios em festivais em Havana e Marselha, entre outros eventos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia