Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 25 de outubro de 2017.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Gente

Alterada em 25/10 às 20h22min

Fats Domino, lendário pianista e cantor do rock, morre aos 89 anos

Domino vendeu cerca de 65 milhões de singles nas décadas de 1950 e 1960

Domino vendeu cerca de 65 milhões de singles nas décadas de 1950 e 1960


PATRICK KOVARIK/AFP/JC
Folhapress
 O lendário pianista, compositor e cantor Fats Domino, um dos pioneiros do rock e do R&B, morreu aos 89 anos no Estado americano de Luisiana.
Segundo a agência de notícias Associated Press, que confirmou a informação com o investigador chefe, a morte ocorreu nesta terça (24), mas a causa ainda não foi divulgada.
Nascido em uma família musical de Nova Orleães, Domino começou a tocar em bares aos 14 anos.
Seu primeiro single, The Fat Man, de 1949, é considerada a primeira gravação de rock a vender mais de um milhão de cópias.
Domino emplacou dezenas de sucessos, como Blueberry Hill e Ain't That a Shame, e vendeu cerca de 65 milhões de singles nas décadas de 1950 e 1960, ficando atrás apenas de Elvis Presley.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia