Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 20 de outubro de 2017.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

acontece

20/10/2017 - 14h00min. Alterada em 20/10 às 14h09min

Com horário de verão, Fundação Iberê Camargo passa a funcionar até as 20h

Visitação e funcionamento da Fundação Iberê Camargo passa a ser das 15h às 20h

Visitação e funcionamento da Fundação Iberê Camargo passa a ser das 15h às 20h


JONATHAN HECKLER/JC
A partir deste final de semana (21 e 22), a Fundação Iberê Camargo deve se adequar ao horário de verão, alterando seu horário de funcionamento para que seja possível aproveitar os fins de tarde com programação na parte externa do prédio. O horário de abertura e fechamento será atrasado em uma hora, e a visitação passa a acontecer das 15h às 20h até o final do verão, com entrada e programação gratuitas.
No sábado, dando continuidade à programação paralela à exposição Vivemos na melhor cidade da América do Sul, o local promove o segundo encontro do seminário "Sob o sol dos trópicos - Corpos negros que criam e recriam à luz da banda de cá dos trópicos", com a historiadora Fernanda Oliveira.
Já no domingo, às 16h, haverá uma sessão do filme Madame Satã no Cine Iberê, seguida por comentários do jornalista Paulo César Teixeira. Também na tarde de domingo, a Iberê e a Rádio Unisinos.fm 103.3 promovem mais uma edição de #músicamudatudo – Rádio Unisinos na Iberê, acompanhando a exposição Vivemos na melhor cidade da América do Sul.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia