Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 31 de outubro de 2017.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Frases e Personagens

Notícia da edição impressa de 01/11/2017. Alterada em 31/10 às 19h13min

Frases e personagens

Fabio Kanczuk

Fabio Kanczuk


GUSTAVO RANIERE/MF/DIVULGAÇÃO/JC
"A política de desoneração da folha de pagamento das empresas acabou sendo uma droga de projeto, considerando o retorno para a economia. Não tem muito papo, é ruim. O Bolsa Família é 12 vezes mais eficiente do que a desoneração da cesta básica para reduzir a desigualdade de renda, uma vez que preços menores em alimentos acabam beneficiando também pessoas mais ricas." Fabio Kanczuk, secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda.
"Mais de 50 lojas de 'atacarejo' foram inauguradas em 2017, segundo a Associação Brasileira de Atacadistas de Autosserviço (Abaas). As redes desse formato de varejo no Brasil já somam cerca de 650 pontos de venda no País." Ricardo Roldão, presidente da Abaas.
"A Abaas tem a expectativa de que o faturamento do setor supere os R$ 90 bilhões em 2017. A associação reúne alguns dos maiores grupos do atacarejo, incluindo o Atacadão, do Carrefour, e o Assaí, do Grupo Pão de Açúcar. Tem crescido o número de lares brasileiros que frequentam o formato de atacarejo." Também Ricardo Roldão.
"Após a aquisição de novas áreas nos leilões de pré-sal, a Petrobras será obrigada a contratar novas sondas, num movimento contrário ao dos últimos meses, de redução de custos e descontratação de equipamentos. A empresa precisa reduzir sua alavancagem sem, com isso, comprometer o crescimento da produção de petróleo." Pedro Parente, presidente da Petrobras.
"A crise econômica no Brasil já foi superada, embora ainda restem efeitos sobre a população, como o número ainda elevado de desempregados. Problema agora é persistir, e não voltar atrás. Temos que continuar criando empregos. O Natal de 2017 será o melhor em muitos anos. É o momento simbólico de percepção da população, todos vão para rua, ou para passear, comprar, rezar, ir na igreja, onde for." Henrique Meirelles, ministro da Fazenda.
"Estamos chegando em Weimar, o fascismo à solta, e o MP e a Polícia fazem ouvidos moucos e vistas cegas. Espiral de violência pode ocorrer." Tarso Genro (PT), ex-governador.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia