Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 14 de setembro de 2017. Atualizado às 21h58.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

crise no planalto

Alterada em 14/09 às 22h00min

Meirelles, sobre denúncia contra Temer: expectativa é seguir com votações

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, reiterou nesta quinta-feira (14), a expectativa de aprovação da reforma da Previdência no mês que vem, apesar da denúncia apresentada hoje contra o presidente Michel Temer (PMDB).
"Nossa expectativa é o prosseguimento normal do cronograma das reformas. Evidentemente que existe algo que já era esperado, mas já estávamos esperando isso. Portanto, nossa expectativa é que, sim, no mês de outubro seja votada, por exemplo, a Previdência", declarou o ministro ao chegar a evento promovido pela revista IstoÉ Dinheiro, na zona sul da capital paulista.
A respeito das dificuldades que podem ser colocadas pela denúncia nas negociações com a Câmara, Meirelles comentou que já expressou em reuniões exaustivas com todos os partidos da base aliada a mensagem de que a reforma não é opção, mas sim uma necessidade. "Se não for feita essa mudança, em alguns anos 80% do orçamento vai ser ocupado por essas despesas previdenciárias."
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia