Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 11 de setembro de 2017. Atualizado às 22h51.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

partidos

Notícia da edição impressa de 12/09/2017. Alterada em 11/09 às 22h15min

Maroni muda de legenda pela quarta vez e se filia ao Podemos

Vereador de Porto Alegre, Rodrigo Maroni trocou de partido e está agora no Podemos, antigo Partido Trabalhista Nacional (PTN). Eleito com uma plataforma de defesa dos direitos dos animais, o que lhe rendeu fama por projetos polêmicos, Maroni deixou o Partido da República (PR) pelo qual foi eleito no ano passado e vai assumir a presidência do Podemos no Estado.
O Podemos tem o mesmo nome do partido de extrema-esquerda espanhol, mas sua denominação é baseada na frase "Yes We Can" utilizada na campanha à presidência de Barack Obama. O partido tem como principal filiado o senador Alvaro Dias, que também apresentou projetos de defesa de direitos dos animais.
Maroni começou sua trajetória na Câmara no PCdoB, partido pelo qual se elegeu pela primeira vez. Antes militou no PT e PSOL.

Jesse James assume a condução da presidência municipal do Pros

O novo presidente municipal do Pros, Jesse James Selistre, assumiu o comando do partido neste fim de semana, em evento organizado na Câmara Municipal de Porto Alegre. Selistre assume no lugar do vereador Wambert Di Lorenzi, que acumulava a direção do diretório municipal e estadual. 
A executiva é composta de 15 membros de diversos segmentos da sociedade de Porto Alegre. A vice-presidência ficou sob o comando do Delegado Fernando Soares. A próxima meta do partido é estabelecer um representante em cada uma das 10 zonas eleitorais da cidade.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia