Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 25 de setembro de 2017. Atualizado às 15h14.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Iraque

Notícia da edição impressa de 25/09/2017. Alterada em 24/09 às 22h57min

Minoria populacional, curdos votam pela independência

Os curdos do Norte do Iraque votam hoje em um plebiscito em apoio à independência da região, o que gera o temor de instabilidade em meio à guerra contra o Estado Islâmico. A expectativa é que a opção pela independência vença, mas a votação não tem valor legal e nem deve resultar em qualquer declaração formal de independência.
A Organização das Nações Unidas e os Estados Unidos condenaram o pleito. A vizinha Turquia, que enfrenta uma insurgência curda, ameaça usar força militar contra o surgimento de um estado independente. Bagdá, por sua vez, disse que responderia militarmente a qualquer violência resultante do pleito. A expectativa é que os resultados iniciais saiam amanhã.
Os curdos são uma minoria populacional considerável na Turquia, no Irã, na Síria e no Iraque. Eles travam uma disputa há anos com o governo iraquiano pela divisão das receitas do petróleo e pelo controle de territórios, como a cidade de Kirkuk.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia