Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 15 de setembro de 2017. Atualizado às 17h53.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Terrorismo

Alterada em 15/09 às 17h55min

Risco de atentado terrorista é elevado para nível máximo no Reino Unido

Explosão em metrô deixou pelo menos 29 passageiros feridos nesta manhã

Explosão em metrô deixou pelo menos 29 passageiros feridos nesta manhã


DANIEL LEAL-OLIVAS/AFP/JC
Autoridades da Reino Unido elevaram o nível de ameaça terrorista ao país de "grave" para "crítico", o que significa que o governo espera que um novo ataque pode ser iminente. O movimento vem na esteira da explosão de uma bomba no metrô de Londres reivindicado pelo Estado Islâmico. A primeira-ministra, Theresa May, voltou atrás no que tinha dito mais cedo e anunciou há pouco que o nível de ameaça escalou diante ocorrido no sistema de transporte da capital britânica.
Ela também prometeu aumentar a presença da polícia armada e do exército nas ruas e nos meios de transporte público "para proteger a população". A ministra se pronunciou por meio da rede de televisão estatal BBC e explicou que tomou a decisão de aumentar a atenção em relação aos atentados depois que recebeu informações de uma agência independente.
A explosão deixou pelo menos 29 passageiros feridos nesta manhã. A polícia metropolitana de Londres disse que o explosivo caseiro está sendo examinado por especialistas e que houve excelente progresso nas investigações. Em uma rápida entrevista coletiva concedida há pouco, o comissário adjunto da polícia metropolitana, Mark Rowley, comentou que é precis "estar alerta" em relação a outros possíveis cúmplices do atentado da manhã de hoe.
As autoridades estão em busca dos suspeitos. A Scotland Yard também reforçou que aumentará seu efetivo nas ruas nos próximos dias e que contará com a colaboração dos colegas militares. O Estado Islâmico assumiu a autoria do ataque em canais afiliados ao grupo extremista.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia