Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 10 de setembro de 2017. Atualizado às 12h54.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

clima

10/09/2017 - 12h28min. Alterada em 10/09 às 12h55min

Flórida tem mais de 1 milhão sem energia; acidente em área com chuvas mata dois

Efeitos do furacão estão sendo sentidos mesmo longe de seu centro

Efeitos do furacão estão sendo sentidos mesmo longe de seu centro


hip Somodevilla/Getty Images/AFP/JC
Funcionários do serviço público da Flórida dizem que mais de 1 milhão de residências ficaram sem energia. O olho do furacão Irma já atingiu as ilhas ao sul do Estado.
A Florida Power & Light Company disse que quase 1,1 milhão de clientes em todo o Estado estavam sem energia na manhã deste domingo. Cerca de 574 mil interrupções estavam no condado de Miami-Dade.
O olho do furacão já atingiu terra firme nas ilhas do sul da Flórida e deveria subir a costa do Golfo do Estado. Contudo, os efeitos do furacão estão sendo sentidos mesmo longe do centro por causa da força do Irma.
A Patrulha Rodoviária da Flórida disse que duas pessoas morreram em um acidente na manhã deste domingo no condado de Hardeee, a sudeste de Tampa, que já foi atingido por vento e chuva provocados pelo furacão Irma, mesmo antes da passagem do olho do furacão pela região.
Não foi esclarecido o papel que as condições climáticas tiveram no acidente. A polícia está investigando o ocorrido e não divulgou outros detalhes.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia