Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 08 de setembro de 2017. Atualizado às 19h44.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

08/09/2017 - 13h31min. Alterada em 08/09 às 13h31min

Câmara dos EUA aprova ajuda a vítimas do Harvey e financiamento do governo

A Câmara dos Estados Unidos aprovou nesta sexta-feira (8) o pacote de US$ 15,25 bilhões em ajuda para vítimas dos furacões Harvey e Irma. Foi ratificada também a autorização para o governo operar acima do limite do teto de gastos até 8 de dezembro. O texto vai agora para a sanção do presidente americano, Donald Trump.
Com 316 votos a 90, os deputados americanos superaram as objeções dos republicanos mais conservadores, que não queriam ligar o aumento do teto à ajuda às vítimas. Na quinta-feira (7), por 80 votos a 17, o Senado dos EUA votou a medida, após uma costura política feita por Trump com senadores democratas.
O pacote de US$ 15,25 bilhões pode ser apenas a primeira parte da ajuda federal às regiões afetadas pelo furacão, uma vez que a tragédia do Katrina, em 2005, mobilizou US$ 100 bilhões em recursos do governo.
A Casa Branca elogiou as aprovações do Congresso, dizendo que os deputados e senadores "agiram rápido" para reduzir os efeitos do desastre. Além disso, o palácio afirmou que a elevação do financiamento do governo "dá aos americanos a certeza para os próximos meses". Não está claro quando Trump vai assinar a legislação.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia