Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 08 de setembro de 2017. Atualizado às 17h29.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Futebol

04/09/2017 - 15h50min. Alterada em 04/09 às 15h51min

Palmeiras se acerta com Felipe Melo e reintegra o jogador ao elenco

Volante foi afastado por ter discutido com o técnico Cuca após eliminação na Copa do Brasil

Volante foi afastado por ter discutido com o técnico Cuca após eliminação na Copa do Brasil


REPRODUÇÃO/FACEBOOK /JC
O volante Felipe Melo foi reintegrado ao Palmeiras nesta segunda-feira (4). Após um mês afastado do elenco por desavenças com o técnico Cuca, o jogador retornou ao clube, conversou com o presidente Mauricio Galiotte e volta a fazer parte do elenco. Porém, esse retorno não significa que ele voltará a atuar pela equipe como titular. O jogador concedeu entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira para explicar a sua situação e deve voltar a participar dos trabalhos do time.
Felipe Melo foi afastado por ter discutido com Cuca no vestiário do Mineirão depois da eliminação nas quartas de final da Copa do Brasil, diante do Cruzeiro, e pelo vazamento de um áudio em que chamava o treinador de "covarde" e "mau caráter". A diretoria acatou o pedido do treinador e colocou o volante para treinar em turno diferente ao do elenco principal, situação que motivou a insatisfação dele.
Os advogados do atleta entraram com duas notificações extrajudiciais contra o clube, com a alegação de que o afastamento configurava assédio moral e desrespeito às leis trabalhistas. O Palmeiras tentou contornar a situação, procurou um acordo de rescisão amigável, mas não houve acerto nos valores a serem pagos. Outra alternativa seria negociá-lo com clubes europeus, mas, apesar de sondagens, nenhum contato agradou.
Depois disso, para evitar complicações na Justiça, o diretor de futebol, Alexandre Mattos, promoveu um encontro entre o Cuca e Felipe Melo, já com o intuito de encaminhar a paz entre os dois. A conversa foi há duas semanas, quando se combinou a realização de uma nova reunião no começo de setembro, após o jogador cumprir um período de folga prolongada de dez dias.
Na conversa nesta segunda-feira de manhã foi selado o acordo e o jogador voltará a trabalhar com os companheiros de equipe. Com cinco jogos disputados neste Campeonato Brasileiro, Felipe Melo pode se transferir para outro time participante da competição nos próximos dias.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia