Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 27 de setembro de 2017. Atualizado às 16h55.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Funcionalismo

27/09/2017 - 16h43min. Alterada em 27/09 às 16h56min

Prefeitura de Porto Alegre paga parcela R$ 1.650,00 a servidores nesta sexta

Prefeitura alega déficit e diz que só concluirá pagamento dos servidores até 16 de outubro

Prefeitura alega déficit e diz que só concluirá pagamento dos servidores até 16 de outubro


MARCELO G. RIBEIRO/JC
A Prefeitura de Porto Alegre vai pagar R$ 1.650,00 de primeira parcela do salário de setembro do funcionalismo. Com o valor, a Secretaria Municipal da Fazenda diz que quitará os vencimentos de 7.158 matrículas de servidores. O valor total da primeira parcela chega a R$ 47,5 milhões. São quase 30 mil matrículas no quadro direto do Executivo e departamentos. A prefeitura projeta concluir o pagamento até 16 de outubro.
Segundo a Fazenda, acordo entre Federação das Associações dos Municípios (Famurs) e Banrisul para antecipar repasse do ICMS a prefeituras permitiu elevar o valor. Na semana passada, a prefeitura trabalhava com R$ 1,3 mil de primeira parcela. Faltarão R$ 91,7 milhões a ser pagos.  
A prefeitura informou nesta quarta-feira (27) que o déficit em setembro é de R$ 99 milhões, cifra que inclui R$ 58 milhões da folha de salários de agosto que acabou impactando as contas deste mês. Na semana passada, o secretário da Fazenda, Leonardo Busatto, havia dito que era de R$ 101 milhões.   
Nesta sexta-feira, a partir das 18h, os municipários fazem assembleia geral no Largo da Epatur e avaliam greve devido ao parcelamento que começou em julho. A parcela que começou em quitação de até R$ 10 mil, caiu a R$ 6 mil, depois a R$ 3,3 mil e agora passou a R$ 1.650,00.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia