Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 11 de setembro de 2017. Atualizado às 22h46.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Lançamento

Notícia da edição impressa de 12/09/2017. Alterada em 11/09 às 21h58min

Empresas planejam adoção do Ryzen PRO

Processador Ryzen PRO

Processador Ryzen PRO


AMD/DIVULGAÇÃO/JC
Nos próximos meses, os clientes corporativos já podem planejar a compra de sistemas baseados no processador Ryzen PRO dos principais fornecedores de computadores, incluindo Dell, HP e Lenovo.
Os processadores de desktop AMD Ryzen PRO foram desenvolvidos para oferecer mais confiabilidade, segurança e desempenho para atender às demandas das cargas de trabalho voltadas para o uso intensivo de computação. O foco do produto são as empresas e os setores públicos.
Os processadores Ryzen PRO foram desenvolvidos com wafers que oferecem maior rendimento. A gerenciabilidade DASH de padrão aberto, líder do setor, permite a administração da CPU e ajuda a garantir que as empresas evitem se bloquear com soluções proprietárias.
Os recursos de segurança são um dos atrativos. De acordo com a empresa, a tecnologia AMD GuardMI permite o estado da arte, power-on to power-off, a segurança no nível do silício, que ajuda a proteger contra um crescente número de ameaças. A gestão de gerenciamento de padrão aberto ajuda a proteger as empresas de serem bloqueadas em soluções proprietárias.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia