Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 08 de setembro de 2017. Atualizado às 19h39.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura Internacional

07/09/2017 - 23h33min. Alterada em 07/09 às 23h33min

Japão revisa de 4,0% para 2,5% crescimento anualizado do PIB

O governo do Japão revisou de 4,0% para 2,5% a taxa anualizada de crescimento do segundo trimestre, diante fraqueza dos investimentos das empresas. Na comparação com os três meses anteriores, a estimativa de crescimento real do período de abril a junho passou de 1,0% na primeira leitura, divulgada em meados de agosto, para 0,6% agora.
A causa desta forte revisão para baixo foi o fato de o investimento empresarial ter ficado mais fraco do que o inicialmente esperado. Os gastos das empresas aumentaram 0,5% no segundo trimestre ante igual período anterior. Na primeira leitura, a estimativa era de expansão de 2,4%.
O consumo privado também foi revisado para baixo - de 0,9% para 0,8%. O investimento público foi surpresa positiva, ao passar de 5,1% para 6,0%. A demanda externa, motor do crescimento japonês nos últimos seis trimestres, apresentou baixa de 0,3%.
Os economistas esperavam uma revisão para baixo dos números do PIB depois de os recentes dados do Ministério das Finanças sugerirem que as despesas de capital eram muito mais baixas do que as estimadas em agosto. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia