Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 03 de outubro de 2017. Atualizado às 14h41.

Jornal do Comércio

Jornal da Lei

COMENTAR | CORRIGIR

Tecnologia

Notícia da edição impressa de 26/09/2017. Alterada em 03/10 às 14h42min

Sistema virtual agiliza gestão de processos no Estado

Laura Franco, especial
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) vem apostando em um sistema de gestão virtual baseado em inteligência analítica. A ferramenta traz mais eficiência à Justiça Federal e disponibiliza, de maneira mais rápida, as informações relacionadas aos processos em andamento.
Nomeado como Sistema de Gestão da 4ª Região (G4), ele é desenvolvido a partir da plataforma de business intelligence (BI) da MicroStrategy. Integra todos os sistemas informatizados, com maior imediatismo no acesso às demandas mais urgentes e relevantes.
De acordo com Cláudio Glock, servidor de Planejamento e Gestão do TRF4, a ferramenta surgiu a partir de uma demanda já instaurada no tribunal. Isso porque são poucos os processos que seguem na forma física, todos aqueles originados na Justiça Federal já surgem de forma eletrônica. Por esse motivo, a necessidade de um sistema que integrasse de forma organizada esses processos se tornou inevitável. Para Glock, o sistema dá "visão concreta e resgate da parte visual dos processos".
A ferramenta permite visualizar dados sobre a movimentação processual do acervo dos gabinetes de desembargadores e varas federais, e de acompanhar informações atualizadas sobre a quantificação dos processos que estão sendo distribuídos para os gabinetes. Além disso, pode-se visualizar o que está sendo produzido por cada um deles, abrindo a possibilidade de traçar metas, controlar fluxo de trabalho e projetar resultados. Relatórios, análises e painéis são atualizados continuamente e de maneira automática.
O projeto está em execução desde junho de 2015. Hoje, ao todo 773 gestores, sendo 385 juízes federais, 385 diretores de secretaria e três diretores de foro podem acessar via web, inclusive em dispositivos móveis, uma série de painéis. Esses painéis estratégicos são, contudo, de uso geral.
A estratégia é ampliar o projeto, buscando sua utilização em todos os processos da instituição. "A intenção é contemplar não só a área judiciária, como a administrativa, envolvendo o financeiro e o RH", garante o assessor. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) vem apostando em um sistema de gestão virtual baseado em inteligência analítica. A ferramenta traz mais eficiência à Justiça Federal e disponibiliza, de maneira mais rápida, as informações dos processos em andamento.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia