Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 07 de agosto de 2017. Atualizado às 20h40.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Venezuela

07/08/2017 - 20h44min. Alterada em 07/08 às 20h44min

Legisladores da Venezuela rejeitam decretos da Assembleia Constituinte

A Assembleia Nacional da Venezuela, liderada pela oposição, está se recusando a reconhecer qualquer decreto emitido pela nova Constituinte do país, em mais um capítulo da disputa de poder com o presidente Nicolás Maduro.
 
Em votação nesta segunda-feira, os legisladores optaram por unanimidade em favor da desautorização das decisões da Constituinte de substituir membros da procuradoria-geral e criar uma comissão da verdade com poder de processar e cobrar punições
 
Maduro diz que a nova comissão da verdade deve responsabilizar os líderes da oposição pela onda atual de agitação política.
 
A deputada de oposição Delsa Solórzano disse que o propósito da comissão da verdade é "perseguir os que pensam de forma diferente".
 
A assembleia constitucional pró-governo tem poder quase ilimitado. Espera-se uma nova reunião na terça-feira.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia